Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
CANOPUS
FAQs da Libertadores: o que você precisa saber sobre as novas regras
Data:04/10/2016 - Hora:08h56
FAQs da Libertadores: o que você precisa saber sobre as novas regras
AP/Dolores Ochos

Com duas vagas a mais para a Libertadores, o futebol brasileiro viu um novo cenário se desenhar da noite para o dia. A zona de classificação no Brasileiro engordou, e muitas perguntas surgiram: G-6? G-7? G-8? G-9? É hora de tirar todas as dúvidas sobre o tema com o FAQs do GloboEsporte.com (para você que não está muito acostumado ao termo, é um acrônimo da expressão em inglês "Frequently Asked Questions", que pode ser traduzida como "Perguntas Mais Frequentes"). Então vamos a elas, e você pode deixar sua opinião nos comentários.

Quantas vagas o Brasil passa a ter na Libertadores?

Sete times brasileiros passam a ter o direito de disputar o torneio a partir da próxima edição.

Como serão definidas essas vagas?

Classificam-se o campeão da Copa do Brasil e os seis primeiros do Campeonato Brasileiro. Se o campeão da Copa do Brasil estiver entre os seis primeiros da Série A, o G-6 vira G-7, e o sétimo colocado do Brasileirão também entra na Libertadores.

Quais outros países também se beneficiaram com a mudança?

Chile, Colômbia e Argentina ganharam uma vaga cada. Os argentinos passam a ter seis equipes na competição. Chilenos e colombianos vão ter quatro times. Bolívia, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela seguem com três cada.

Quais times ainda estão na disputa por título da Copa do Brasil?

Atlético-MG, Juventude, Santos, Internacional, Grêmio, Palmeiras, Corinthians e Cruzeiro (confira a tabela).

Se um brasileiro for campeão da Sul-Americana, o país terá oito times na Libertadores?

Sim. A partir do ano que vem, a Copa Sul-Americana não vai mais tirar uma vaga do país campeão. Se Coritiba ou Chapecoense conquistar o título, o G-6 do Brasileirão permanece e pode até virar G-7 ou G-8, caso os vencedores da Sul-Americana e da Copa do Brasil terminem o Brasileiro até a sexta posição. A partir de 2018, o Brasil poderá ter até nove representantes na Libertadores se os campeões das duas competições continentais ficarem entre os seis primeiros do Brasileirão.

Quantos clubes ao todo disputarão a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana?

A Libertadores será disputada por 44 clubes, enquanto a Sul-Americana terá 54 equipes.

Dos brasileiros classificados para a Libertadores, quantos entram direto na fase de grupos?

Garantem vaga direto na fase de grupos o campeão da Copa do Brasil, além do primeiro, segundo e terceiro colocados no Brasileiro. Os demais - quarto, quinto e sexto - disputam a chamada pré-Libertadores. Lembrando que o número de clubes (32) e o formato de disputa da fase de grupos da Libertadores permanecem os mesmos.

Como será a disputa da pré-Libertadores?

Antes da fase de grupos, a Libertadores terá duas fases preliminares. Na primeira, 16 clubes serão divididos em oito duelos com partidas de ida e volta. Os oito classificados disputam um novo mata-mata, que definirá os quatro times que vão disputar a fase de grupos. Estas equipes se  juntarão aos 26 classificados de forma direta, além do atual campeão da Libertadores (o Atlético Nacional-COL) e o campeão da Sul-Americana, totalizando 32 times em oito grupos de quatro.

Como será o critério de classificação para a Sul-Americana?

O Brasil terá seis vagas fixas na Copa Sul-Americana, mas a CBF ainda não divulgou os critérios de classificação. O certo é que 10 dos 16 clubes eliminados na fase de grupos da Libertadores - os oito terceiros colocados e os dois melhores quartos - ganharão um lugar na fase de grupos da Sul-Americana. A competição será disputada de março a dezembro.

Quais times mais se beneficiam com a mudança? Quem estava fora da briga e agora passou a sonhar?

Fluminense (46 pontos) e Atlético-PR (42), atuais quinto e sexto colocados, são a princípio os maiores beneficiados com as mudanças. No entanto, com a possibilidade de o G-6 virar até G-8, caso os campeões da Sul-Americana e da Copa do Brasil terminem entre os seis primeiros do Brasileiro, outras equipes ainda podem sonhar com uma vaga na Libertadores. É o caso de Corinthians (41), Botafogo (41), Grêmio (40), Ponte Preta (39), Chapecoense (38), Vitória (35) e São Paulo (35). Ou seja, do quinto ao 13º colocado, a disputa segue aberta.

Competições regionais como a Copa do Nordeste ou a Primeira Liga pode dar vaga para a Taça Libertadores?

Não. Apenas competições nacionais garantem vaga na Taça Libertadores.

Qual será o período de disputa da próxima Libertadores?

A edição 2017 vai de fevereiro a novembro, com 42 semanas de duração (a edição deste ano teve 27 semanas).

A final será em jogo único?

Esta mudança ainda está sendo estudada pela Conmebol.




fonte: Globo Esporte



anuncie aqui JBA LAB. LIDER
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Um click para a gatinha Nicole Brumati Rodrigues Soares, filha do casal Pedro e Rosimar, que encanta a todos com seu jeitinho sapeca de ser. Puro charme e simpatia. Beijinhos!!!!!! Parabenizamos toda a equipe da Prefeitura Municipal de Cáceres, através da SICMATUR que não mediram esforços para que mais um ano o Festival de Pesca fosse sucesso total. Organização, entretenimento, atrações e show de pescaria foi o que se viu durante os cinco dias de festa. Em nome do Prefeito Francis Maris, da Vice-Prefeita Eliene Liberato, do Secretário Junior Cezar Trindade e do guia turístico Claudionor Duarte, parabenizamos a todos que trabalharam direta ou indiretamente para o sucesso do FIPe. Nossos aplausos!!! Festejando data nova a simpática atendente do Laboratório Líder, Vanderleia Rodrigues, a quem desejamos muita saúde e prosperidades. Que Deus lhe conceda muitas vitórias nesse novo ano de vida.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados