Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Cristóvão minimiza pressão pós-Tite, mas diz que críticas foram exageradas
Data:21/09/2016 - Hora:08h25
Cristóvão minimiza pressão pós-Tite, mas diz que críticas foram exageradas
Marcelo Braga

Substituir o técnico mais vencedor da história do Corinthians era uma missão difícil, mas essa pressão não foi o que causou sua demissão. Para Cristóvão Borges, seus últimos momentos no comando da equipe foram de um círculo vicioso de erros, oscilações e críticas que impediram sua permanência no banco.

            O treinador falou com exclusividade ao GloboEsporte.com na terça-feira. Ele também minimizou os protestos da torcida, que pedia sua saída. A entrevista completa será publicada nesta quarta-feira.

            – Na minha contratação, todos ficaram sobressaltados. Substituir o Tite... meus amigos têm a visão de que isso seria muito difícil, mas foi o que menos senti. Era um peso, claro, mas as coisas andaram bem – afirmou Cristóvão, que estreou com derrota para o Atlético-MG, em junho, mas depois ficou sete jogos invictos, com cinco vitórias.

            – Na hora da oscilação, aconteceram coisas que ajudaram no desequilíbrio do time. Esse terreno é fértil para erros e acertos. Eu acertei e errei. Mas estava em um lugar e um momento que não podia errar – completou o técnico, que assumiu deslizes em substituições.

            As críticas ao trabalho de Cristóvão se acentuaram após a derrota para o Santos, por 2 a 1, de virada, há três rodadas. As trocas feitas, principalmente a entrada de Willians no lugar de Giovanni Augusto, no segundo tempo, foram apontadas como responsáveis pelo revés.

            – Quando errei, criou-se uma atmosfera adversa, difícil de ser retomada. Tudo veio de maneira incompreensível, com críticas além da conta, exageradas e até desrespeitosas. Criou-se um monstro. Mas não guardo mágoa, nem da torcida nem do Corinthians.

            Cristóvão foi demitido após a derrota para o Palmeiras, por 2 a 0, no último sábado, em Itaquera. Ele deixou o Corinthians depois de 18 partidas, com sete vitórias, cinco empates e seis derrotas – um aproveitamento de 48%. Sob seu comando, o time marcou 23 gols e sofreu 20.

            A diretoria efetivou o auxiliar Fábio Carille no banco do time, mas já traça um perfil das opções que tem para assumir a equipe para a próxima temporada.  Nesta quarta, o Corinthians enfrenta o Fluminense na partida da volta das oitavas de final da Copa do Brasil, em Itaquera – com o empate em 1 a 1 na ida, igualdade sem gol classifica os paulistas.




fonte: Globo Esporte



anuncie anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Um click para a gatinha Nicole Brumati Rodrigues Soares, filha do casal Pedro e Rosimar, que encanta a todos com seu jeitinho sapeca de ser. Puro charme e simpatia. Beijinhos!!!!!! Parabenizamos toda a equipe da Prefeitura Municipal de Cáceres, através da SICMATUR que não mediram esforços para que mais um ano o Festival de Pesca fosse sucesso total. Organização, entretenimento, atrações e show de pescaria foi o que se viu durante os cinco dias de festa. Em nome do Prefeito Francis Maris, da Vice-Prefeita Eliene Liberato, do Secretário Junior Cezar Trindade e do guia turístico Claudionor Duarte, parabenizamos a todos que trabalharam direta ou indiretamente para o sucesso do FIPe. Nossos aplausos!!! Festejando data nova a simpática atendente do Laboratório Líder, Vanderleia Rodrigues, a quem desejamos muita saúde e prosperidades. Que Deus lhe conceda muitas vitórias nesse novo ano de vida.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados