Diretora administrativa: Rosane Michels
Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
CANOPUS
Cuiabá Arsenal mantém invencibilidade sobre Lusa Lions
Data:23/08/2016 - Hora:09h02
Cuiabá Arsenal mantém invencibilidade sobre Lusa Lions
Junior Martins

O Cuiabá Arsenal bateu o Lusa Lions por placar de 31 a 14 na Arena Pantanal, no último sábado (20.08), em Cuiabá, válido pelo terceiro jogo na Superliga Nacional de Futebol Americano. Com o resultado, a equipe mato-grossense chega na metade da fase classificatória invicta após três confrontos. Líder da Conferência Oeste, agora aguarda os próximos compromissos contra os times São Paulo Storm, Tubarões do Cerrado (também invicto) e Goiânia Rednecks.

Para o presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA), Paulo Cesar Machado, vencer o Lusa Lions, que é o atual campeão paulista invicto, mostra a capacidade e força do Cuiabá Arsenal. Segundo ele, essa terceira vitória foi mais um passo na direção do objetivo, que é de conquistar o título de tricampeão brasileiro de futebol americano. O Arsenal retorna aos treinos para se preparar para o São Paulo Storm, em 3 de setembro, às 11h, no estádio do Canindé (SP).

Scout

No 1º quarter, Lusa faz kickoff e Arsenal marcha com a posse da bola. Logo no início os donos da casa abriram o placar com uma Trick Play. Jogada atípica feita para quebrar o ritmo da defesa adversária. Nela o quarterback (QB) Marcelo Roversi faz um handoff (entrega a bola) para o running back (RB) Brandon The Rocket Watkins, que corre e antes da linha de scrimmage faz um passe para o wide receiver Kenneth Joshen receber e parar só na endzone. Com extra point bom.

Já no 1º quarter, o Cuiabá Arsenal demonstrava domínio de jogo. O Lusa Lions tinha a posse da bola, mas estava pressionado com as costas na redzone. Tentaram a 1ª, 2ª e 3ª descidas e sem avançar foram para um punt na 4ª descida. O snap saiu alto, o punter não pegou, a bola rolou até a endzone, o punter correu para recuperar, recuperou e ajoelhou dentro da endzone (safety) com medo de levar alguns tackles. E o placar somava Cuiabá Arsenal 09 x 00 Lusa Lions.

No 2º quarter, após interceptação de Josemar Teotônio, Arsenal recuperava a posse da bola e partia para o ataque. Com três jardas para a endzone, o QB Roversi faz um handoff para o RB The Rocket correr pelo meio e marcar touchdown. Com ponto extra bom. Segue jogo, até o ataque do Lusa ficar pressionado com as costas na redzone. Tentam 1ª, 2ª e 3ª descidas e nada. Tentam punt na 4ª descida e erram. Snap alto e punter ajoelhado na endzone (safety - 18 x 00).

Ainda no 2º quarter, com domínio incontestável do Cuiabá Arsenal, o quarterback do Lusa Lions, com as costas a duas jardas da própria endzone, faz um passe de 25 jardas e é interceptado pelo também free safety Brandon The Rocket, que corre até marcar touchdown. Com ponto extra bom, o placar sobe para Cuiabá Arsenal 25 x 00 Lusa Lions. A posse da bola retorna para o time paulista, que por faltar poucos segundos para o intervalo, prefere ajoelhar até zerar o relógio.

No 3º quarter, os visitantes retornam em outro ritmo de jogo. Surpreendem o Arsenal com uma interceptação e vão para o ataque. E pela primeira vez na partida, marcham jarda após jarda até um passe do QB Catullo Goes chegar nas mãos do wide receiver (WR) Leandro Fratini marcar touchdown. Com extra point (XP) convertido por Renan Buzz. E os visitantes deixavam nítido um início de reação com placar de 25 x 07. O Arsenal volta a atacar, mas novamente é interceptado.

No 4º quarter, o Lusa continuava na campanha de reação e marcava com passe do QB Catullo para o wide receiver Marcos Vinícios Seiya. Com nova XP convertida por Renan Buzz. E o placar girava para 25 x 14. O Arsenal cometia erros e acendia o sinal de perigo. Até a fisionomia da torcida anfitriã havia mudado de festiva para aflita. Os donos da casa pegam a posse da bola, mas devolvem sem avançar. E os visitantes marcham a passos largos sobre o campo do Arsenal.

Na segunda metade do 4º quarter, a defesa do Cuiabá Arsenal se reorganiza e recomeça a frear o ataque paulista. O QB Catullo tenta um passe longo de 45 jardas, mas é interceptado a duas jardas da endzone do Arsenal. O free safety The Rocket pega a bola e corre por toda a extensão do campo, foram 98 jardas de corrida até a endzone do Lusa Lions. Um touchdown que matou todas as esperanças paulistas de uma possível virada. Com XP ruim, o placar fica nos 31 x 14.




fonte: Junior Martins



anuncie anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Parabenizamos o Grupo Canopus, na pessoa do gerente Antônio Marcos,  pela linda festa oferecida as crianças carentes da cidade. O evento contou com muita descontração, brincadeiras, comes e bebes e até desfile. Registramos também o apoio da Secretaria Municipal de Educação e do Rotary, que não mediram esforços  para o brilhantismo da festa. Votos de felicidades e muitos anos de vida a linda Victoria Garcia Graça, que ontem festejou data nova envolto as manifestações de carinho dos familiares e inúmeros amigos. Sucessos e que os anos vindouros sejam de realizações e vitórias. Festejou mais uma primavera a querida Paula Frassinetti Vidal Dantas a quem enviamos votos de saúde, paz, amor e prosperidades pela passagem do natalício.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados