Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 21 de Abril de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
PAI: Herói da vida real
Data:13/08/2016 - Hora:08h56
PAI: Herói da vida real
Reprodução Web

Mais um domingo chegando...mas este não é um simples domingo! O país inteiro comemora o Dia dos Pais. Uma data para ser vista muito além das motivações comerciais. Não é um dia para dar presentes, mas para se fazer presente. O Dia dos Pais é, antes de tudo, um dia para amar. É uma parada na correria cotidiana para homenagear o símbolo de força e delicadeza de nossa infância.

Relembrando a história: conta-se que tudo começou nos Estados Unidos. Sonora Louise Smart Dodd, filha do veterano da guerra civil John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão dedicado às mães, teve a ideia de celebrar o Dia dos Pais. Queria mostrar a seu pai que tinha orgulho de sua superação, pois ele havia perdido a esposa em 1898, que faleceu ao dar à luz ao sexto filho. John os criou sozinho, sendo sempre carinhoso e responsável. Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém; foi destemido e amável. Então, em 1910, Sonora enviou uma petição à Associação Ministerial de Spokane, cidade localizada em Washigton, Estados Unidos. Também pediu auxílio para uma Entidade de Jovens Cristãos da cidade. O Primeiro Dia dos Pais norte-americano então foi comemorado em 19 de junho daquele ano, aniversário de Dodd. A rosa foi escolhida como símbolo do evento, sendo: vermelhas dedicadas aos pais vivos, e brancas aos falecidos.

Já no Brasil, a ideia de comemorar esta data partiu do publicitário Sylvio Bhering e foi festejada pela primeira vez no dia 14 de Agosto de 1953, data que coincidiu com “Dia de São Joaquim”, patriarca da família. Desde então, oficializou-se homenagear os pais no segundo domingo de agosto.

Deixando a história de lado, vivenciamos um mundo atribulado, onde o tempo voa e com ele a vida passa rapidamente e muitos valores são simplesmente esquecidos. E vemos  que ainda existem muitas crianças que desconhecem a figura paterna ou que sofrem maus tratos por parte daqueles que deveriam personificar o amor, o carinho e a dedicação. Por outro lado, há quem seja pai sem nunca ter sido. Houve um tempo em que o pai era sinônimo de autoridade distante. Hoje, é de cumplicidade. Antigamente, o pai era aquele que morava na mesma casa que a mãe e, casados, educavam seus filhos. Hoje, outra realidade, há pais, solteiros, adotivos, casados, divorciados, velhos, jovens, mas o que importa é que o Pai seja aquele que mesmo sem tempo, na correria do dia a dia, encontre momentos para ser parte da vida dos filhos. E também que os filhos entendam que pai não vive apenas para dar, ele também deseja receber sorrisos, abraços, amor e compreensão. Porque é no ato de dar e receber, de cuidar e ser cuidado, de respeitar e ser respeitado que se constrói a relação pai e filho.

Afinal Pai perfeito não é um super-herói de animações e nem alguém sem o mínimo de defeito. O melhor pai é aquele que, diante de suas imperfeições e das do filho, cai, levanta, ensina, aprende e caminha sempre ao lado, de mãos dadas.

Ser  pai significa amar sem limites; perdoar inúmeras vezes e, talvez, repreender mais vezes ainda.

Deus, o nosso Pai Celestial, é o maior exemplo de amor e de ação, pois nos ama tanto que enviou seu Filho Jesus para nos perdoar quando falhamos em nosso papel de pais.

Termino, com uma homenagem especial a este dia, que deve ser celebrado todos os dias: Dia dos Pais. E a homenagem é para todos os Pais,  com um desejo de que sejam sempre  pais, com P maiúsculo. Bom Dia e Feliz Dia dos Pais!




fonte: Da Redação



JBA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Curtindo as belezas da cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra as amigas Marinalva Denipotte Manfrin e Fabíola Campos Lucas. Uma ótima estada no País vizinho. Votos de breve recuperação a amiga Suzy Kristina dos Santos, que sofreu uma torção no tornozelo e está de repouso impossibilitada de andar. Estamos na torcida pela seu reestabelecimento. Grande abraço. Nosso Destaque VIP para a competente equipe do Kaskata Flutuante que serve a melhor comida da cidade. Forte abraço a família Natal que está a frente de bem servir os cacerenses e visitantes. Pra hoje fica a dica de saborear aquele delicioso peixe a La Kaskata.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados