Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Gari: um profissional de valor
Data:17/05/2016 - Hora:08h29
Gari: um profissional de valor

De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente, o Brasil produz, em média, mais de 90 milhões de toneladas de lixo por ano e cada brasileiro gera, aproximadamente, 500 gramas de lixo por dia, podendo chegar a mais de 1 kg, dependendo do local em que mora e do poder aquisitivo. Esse lixo é recolhido todos os dias pelo gari. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) os Garis são os profissionais da limpeza que recolhem o lixo das residências, indústrias e edifícios comerciais e residenciais, além de varrer ruas, praças e parques. Também capinam a grama, lavam e desinfetam vias públicas.

A denominação Gari data o ano de 1876, quando começou a ser utilizada para denominar os homens que atuavam na coleta de lixo ainda na época do Brasil Império, em homenagem a Pedro Aleixo Gari, um empresário francês contratado pela Corte Brasileira para organizar o serviço de limpeza da cidade do Rio de Janeiro.  Com o tempo, os funcionários que trabalhavam para Pedro Aleixo passaram a ser conhecidos como a “turma do Gari” ou simplesmente, Garis.

Já o dia do Gari, 16 de maio, foi instituído pela Lei  nº 212, de 31/10/1962 decretada pela Assembléia Legislativa do estado da Guanabara. A decisão visava prestar reconhecimento à árdua, perigosa e difícil missão daqueles que integram o Departamento de Limpeza Urbana. O autor do projeto foi o Deputado Danilo Nunes e foi sancionado pelo governador Carlos Lacerda, sendo comemorada pela primeira vez em 1963.

Depois de um pouco de história, caro leitor é hora de lembrarmos que ontem 16 de maio foi celebrado o Dia do Gari. Embora seja uma categoria de extrema importância para toda a população e para a sociedade muitas vezes torna-se invisível aos olhos das pessoas ganhando até ares de discriminação. E você quantas vezes já direcionou um bom dia aquele que passa pelas ruas recolhendo nossos lixos, que são armazenados de forma errônea e causam acidentes, a exemplo de vidros que são jogados em saco comuns, sem o menor cuidado com esses profissionais. Quantas vezes você já varreu sua calçada, ou ao menos o meio fio da frente de sua casa?

É caro leitor, ajudar a manter a cidade limpa é dever de cada cidadão, mas infelizmente no nosso dia a dia isso acaba sendo feito somente pelos garis. Muita gente tem o pensamento equívoco de que eles têm a obrigação de recolher os lixos jogados nas ruas pela população, mas esquece que cada um tem o dever de recolher seu lixo e nas ruas jogá-los na lixeira, mas o que vemos é totalmente ao contrário, e essa falta de respeito com o meio ambiente,  acaba gerando uma sobrecarga de funções, impedindo que o serviço seja feito com a qualidade que necessita, acarretando assim vários problemas como os alagamentos e proliferação de zoonoses.

Estudos realizados com os garis apontam para importância do trabalho desses profissionais tanto para a saúde e bem estar da sociedade, como para as questões de saneamento básico de uma cidade e o seu embelezamento. Mas também sabemos, o quanto essa classe de trabalhadores é desvalorizada, realizando suas atividades de trabalho de uma forma árdua, sujeitos a todos os tipos de intempéries climáticas, com mínimas condições de trabalho, expostos constantemente aos mais variados tipos riscos e preconceitos. (SANTOS, 1999)

Apesar de passar muitas vezes despercebido pelas pessoas, esses profissionais trabalham duro todos os dias (tanto em período diurno, quanto noturno), seja debaixo de sol ou chuva, para garantir que a nossa cidade fique sempre limpa. 

Basta apenas um dia sem os seus serviços já é o necessário para gerar caos na cidade. Caso desse tipo já foi visto em nosso município. Diante disso, todos os cidadãos têm o dever de respeitar e colaborar com o trabalho deles. 

Ontem, dia 16 de maio, foi comemorado o dia desses trabalhadores.  Por esse importante e valioso trabalho cumprimentamos todos os profissionais que se incluem no grupo de centenas de pessoas que todos os dias saem de suas casas para exercer com dignidade sua profissão. Homenageamos a todos aqueles que fazem parte desta classe, que muitas vezes não é reconhecida, mas é responsável por inúmeros serviços em nossa cidade, responsáveis pela limpeza pública, coleta de lixo, entre outros. Parabéns pelo seu dia! Pela força do trabalho de homens e mulheres dignas que colaboram com a limpeza, doando seu conhecimento e força de trabalho. Nosso reconhecimento! Bom dia!




fonte:



anuncie aqui AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Endereçamos votos de felicidades a querida Maria Luzia que trocou de idade recebendo o carinho e abraços dos amigos e familiares. Que Papai do Céu lhe cubra com o manto da  saúde e amor. Está acontecendo no estacionamento do Juba Supermercados, sito a Rua Padre Cassemiro, a Feira do Livro Espírita realizada pelo Grupo Espírita Bezerra de Menezes. A feira que teve início ontem reúne inúmeras obras dos mais renomados autores espíritas. O evento  segue até sábado das 9h às 21h. Vale conferir. Flores multicoloridas a nossa querida assinante Alzira Lindote, Dona Giroca, que acompanha todas as manhãs nosso matutino. Obrigada pela leitura e por todos esses anos prestigiando o nosso jornal.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados